• ;
  • ;
  • ;
  • ;
  • ;
Porto Alegre, 20 de novembro de 2017.
Arquivo Histórico

(31/08/1974) GAÚCHOS VENCEM O RALLYE FLUMINENSE
17/01/2006

Publicado nas revistas Quatro Rodas e Auto Esporte de Outubro de 1974.

Os acidentes e o grande número de desistências não prejudicaram o nível técnico do III RALLYE DOS MIL QUILÔMETROS FLUMINENSES, realizado no Estado do Rio de Janeiro nos dias 31 de Agosto e 1° de Setembro de 1974 e válido pela segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rallye de Regularidade e Precisão.
A prova teve o patrocínio do Grupo União de Bancos (Unibanco).
A dupla gaúcha formada por Ernesto Farina e seu primo Carlos Farina foi a vencedora, somando 354 pontos negativos nos 18 postos secretos colocados ao longo do percurso.
(N.R.- O I RALLYE DOS MIL QUILÔMETROS FLUMINENSES foi disputado em 1972
com organização do Automóvel Clube do Brasil – A.C.B e da Confederação Brasileira de Automobilismo – C.B.A. Os vencedores foram os paulistas Nicolau Jacob Neto e Péricles de Freitas Ramos Junior com um Ford Corcel Belina da Equipe Greco- Ford).


Ernesto e Carlos Farina foram os vencedores da prova com o Volkswagen Brasília N° 29 da Equipe Gaúcha-Car.

A vitória não foi muito tranqüila. Os segundos colocados, Joaquim Ferreira da Silva e Antônio Orlando de Almeida da Pentastar Team (Equipe Oficial da Fábrica Chrysler) tiveram uma diferença dos vencedores de apenas 12 pontos perdidos.
O navegador Antonio Orlando, chegou a duvidar do resultado oficial, pedindo para conferir todos os mapas de cronometragem. Apesar de terem ultrapassado mais “obstáculos” sem perder pontos em outros “obstáculos” os segundos colocados perderam mais pontos que os gaúchos. Por isso, não houve um protesto oficial contra os juízes.
As reclamações não foram só contra o resultado. Os gaúchos, por exemplo, queixaram-se das médias elevadas. Ernesto Farina que com Carlos Farina, pilotou o Volkswagen Brasília de N° 29 achou o Rallye muito violento:
"Nós competimos por esporte. Não somos profissionais para nos arriscarmos a sofrer um acidente bastante previsível, como o que poderia ter ocorrido na estrada de terra entre Miguel Pereira e Vassouras, onde a média solicitada foi de 73 Km/h."

Dos oitenta e sete competidores (um recorde de inscrições) que largaram sábado, em frente Grupo de Regatas Gragoatá, em Niterói, quinze já ficaram no caminho no primeiro dia, quando houve dois acidentes.
O primeiro acidente foi com o Ford Corcel N° 6 da Equipe Tukar da Guanabara. Em um trecho neutralizado, saída de Vassouras o carro acabou dentro de um rio.
O segundo acidente foi mais sério e aconteceu com a dupla gaúcha Cláudio Ricardo Müller e seu navegador Carlos Güido Weeck (que foi Campeão Brasileiro do ano de 1973). Weeck acabou fraturando duas costelas.
O estreante Walter Moreira Salles Júnior ao olhar o acidente dos gaúchos, capotou no mesmo lugar. (N.R - este estreante se tornaria um cineasta de fama internacional).
E quando a competição chegou a seu final, havia 49 carros sobreviventes.

Os gaúchos continuam sendo os melhores do Rallye brasileiro.
Mesmo tendo apresentado o maior números de desistências - das onze duplas que largaram apenas quatro terminaram a prova - três classificaram-se entre os seis primeiros colocados. Entre as Equipes oficiais de fábrica (Ford, Volkswagen e Chrysler), a melhor classificada foi a Pentastar da Chrysler com um carro em segundo, um em oitavo, e outro em décimo nono lugar.


A dupla paulista Francisco Silva Sampaio/José Ivo de Souza Leite com o Dodge 1800 N° 11 da Pentastar Team (oficial da fábrica Chrysler) não se classificou entre os dez primeiros.

Com sol, calor e poeira nas estradas de terra, os competidores tiveram dificuldades em manter as médias de quilometragem exigidas e, segundo o concorrente gaúcho Peter Kunst:
“Não havia tempo nem para acender um cigarro!!!”.
A ida até Friburgo foi pela estrada do contorno: Teresópolis–Rio, Caxias, Via Dutra, Miguel Pereira, Vassouras, Marquês de Valença, trecho da Juiz de Fora-Rio, Itaipava-Teresópolis e Teresópolis-Friburgo. Na volta foi utilizado um pequeno trecho da Rio-Bahia, descida rumo ao litoral, passando por Santa Maria Madalena e Conceição de Macabu, chegando a BR 101.
Na categoria de Novatos e Estreantes não houve muitas desistências. Vinte duplas de Novatos e dezessete de Estreantes saíram no sábado de Niterói. E, no final, com um total de apenas sete desistências, os Novatos e Estreantes apresentaram menor índice de quebras e acidentes do que os competidores das categorias PC-Piloto de Competição, POC - Piloto Oficial de Competição (N.R- atual Categoria Graduados).

Resultados:

Categoria Piloto de Competição (P.C)/Piloto Oficial de Competição (P.O.C)

1°) Ernesto Alexandre Farina/Carlos Alberto Farina – Volkswagen Brasília - Equipe Gaúcha – Car – Rio Grande do Sul – 354 pontos perdidos.

2°) Joaquim Ferreira Fernandes da Silva/Antônio Orlando de Almeida – Dodge 1800 - Equipe Pentastar - São Paulo – 366 pontos perdidos.

3°) Antonio Carlos Quintella/Dietmar Schupp – Volkswagen Brasília – Equipe Mário Olivetti – Rio de Janeiro - 422 pontos perdidos.

4°) Ernani Corrêa Dieterich/Roland Germano Löw – Volkswagen Brasília – Equipe APLUB - Rio Grande do Sul - 476 pontos perdidos

5°) Peter Lars Waldemar Kunst/Paulo José Veeck – Volkswagen Brasília – Equipe APLUB – Rio Grande do Sul - 478 pontos perdidos

6°) Edgar Harry Schimitz/Josué Marques Júnior – Volkswagen Brasília – Equipe Volkswagen – São Paulo - 539 pontos perdidos

7°) Nicolau Jacob Neto/Mauro Feijó Costa Corrêa – Ford Corcel – Equipe Mercantil – FINASA - Ford – São Paulo - 764 pontos perdidos

8°) Eduardo Luis Tiezzi Gomes/Luis Eduardo Maia Cagnoni – Dodge 1800 – Equipe Pentastar – São Paulo - 809 pontos perdidos

9°) César Muller Villela/Augusto Vasconcellos – Ford Corcel – Equipe Tukar – Rio de Janeiro - 886 pontos perdidos

10°) Oscar Adams Sobrinho/Edmundo de Freitas Pontes – Ford Corcel Belina – Equipe Mercantil - FINASA - Ford – Rio Grande do Sul – 893 pontos perdidos.

Categoria Novatos

1°) Marco Antônio Guimarães/Rogério Almeida de Faria - Volkswagen TL – Equipe Veminas - 1897 pontos perdidos

2°) Luis Horácio Pieruccetti/Jorge Nogueira Pinto – Volkswagen Sedan – Equipe Mário Olivetti - 2041 pontos perdidos

3°) Francisco José da Silva/Ayrton de Melo Barbosa – Volkswagen Sedan – Equipe Aquarius - 2511 pontos perdidos

4°) Vigandas Sipas/Rubens Siqueira – Volkswagen Sedan – Equipe Pacaembu - 2539 pontos perdidos

5°) Rubem da Gama Ferreira/Fábio Simoni Júnior – Volkswagen Brasília – Equipe Novatração - 3239 pontos perdidos

6°) Mário Poppe de Miranda Pacheco/José Guilherme Batista – Volkswagen Sedan – Equipe Patrimônio - 3383 pontos perdidos

7°) José Carlos Celles Cordeiro/José Augusto Spinelli – Volkswagen Karmann Ghia TC – 3593 pontos perdidos

8°) Fernando Medina Gomes/Francisco José Villaça – Volkswagen Variant – 3653 pontos perdidos

9°) Frederico Hugo Tancredi/Sérgio Marcondes – Volkswagen TL – 4646 pontos perdidos.

10°) Roberto Pomo/Carlos Luis Pereira Bohrer – Volkswagen TL – 5181 pontos perdidos

Categoria Estreantes

1°) Adenir Pettersen Xavier/Jerônimo Galuzzi dos Santos – Ford Corcel Belina – 4096 pontos perdidos

2°) Rogério Cabral de Menezes/Patrick Josquim – Volkswagen Brasília – 5117 pontos perdidos

3°) Jailton Caetano Damasceno/Antônio José Dias Mazzillo – Volkswagen Sedan – 5188 pontos perdidos

4°) Wellington de Oliveira/Zoia Schvartz de Oliveira – Volkswagen Sedan – Equipe Autocon - 5197 pontos perdidos

5°) Rolando Camargo Ferreira/Clésio Romero Carvalho – Volkswagen Sedan – Equipe Autocon - 5537 pontos perdidos

6°) Júlio César Carvalho Velloso/Ayr da Costa – Volkswagen Sedan – 5867 pontos perdidos

7°) Péricles Corrêa Sobrinho/Eduardo Daudt de Oliveira – Volkswagen Sedan – Equipe Aquarius - 6075 pontos perdidos

8°) Fernando Antônio Caseira/João Aguiar – Volkswagen Sedan – 6522 pontos perdidos

9°) José Carlos da Motta/Róbison de Souza Ferreira - Ford Corcel – 6554 pontos perdidos

10°) Antônio José Araújo Fernandes/Almir Martins Queiroz – Volkswagen Sedan – 7337 pontos perdidos


Pesquisa e Edição:
Renato Pastro - Arquivo particular

 

Vem aí

27 de Fevereiro de 2016
42º. Rallye das Praias

» Regulamento Particular
» Ficha de Inscricão

Grupos do Google
Participe do grupo CPR Sócios e Amigos
E-mail:
Visitar este grupo




Apoio

Termotextil
 
               

 

Copyright - CPR - Clube Porto Alegre de Rallye - 2014 | Site desenvolvido pela msmidia.com