• ;
  • ;
  • ;
  • ;
  • ;
Porto Alegre, 22 de novembro de 2017.
Arquivo Histórico

(21.11.2005) COMO SURGIU O CPR E O RALLYE NO RS (2)
02/01/2008

2º CAPÍTULO

O ÚLTIMO RALLYE DISPUTADO ANTES DA FUNDAÇÂO DO C.P.R.


Tendo com ponto de partida e chegada, a cidade paulista de São Bernardo do Campo, concorrentes de vários estados brasileiros participaram do I RALLYE FREIOS VARGA realizado no sábado, dia 06 de Dezembro de 1969.
(N. R - o CLUBE PORTO ALEGRENSE DE RALLYE - C.P.R foi fundado na terça - feira, 09 de Dezembro de 1969).
A largada foi dada as 07h 01 min em frente ao Volkswagen Clube, quando foi conhecido o “misterioso” roteiro a ser cumprido.
Houve um neutralizado de 40 minutos na cidade de Limeira, para almoço e abastecimento dos carros. A prova foi concluída ao redor das 18 horas novamente em São Bernardo do Campo, depois de percorridos aproximadamente 530 quilômetros dos quais 150 quilômetros em estradas municipais não asfaltadas.
Os representantes do esporte a motor do Rio Grande do Sul seguiram para a capital bandeirante bem preparados e confiantes.

Os representantes do esporte a motor do Rio Grande do Sul seguiram para a capital bandeirante bem preparados e confiantes.
O grupo era formado por um quinteto de carros.
A Equipe Pneuodomo que correu sob o patrocínio de Odorico Monteiro era formada por Ronaldo Froes Monteiro/Gert Funcke a bordo de um Chevrolet Opala 3800 cm³ N° 17.
A dupla com larga experiência em organização de provas de regularidade levavam um bom handicap para a prova paulista. Comentários dos colegas eram de que: Gert é um excelente navegador. Além de conhecer profundamente o assunto, tem muito discernimento de cálculo fator preponderante para uma navegação perfeita”.
“Além disso, o equipamento deles é da melhor qualidade, e Ronaldo Monteiro é um piloto de“ mão cheia”, levando-se em conta, também, que competirão com um Opala de seis cilindros. Estes estarão, por certo, entre os primeiros cinco classificados”.


Da esquerda para a direita: Ronaldo Monteiro, Gert Funcke, Roberto Jacobi, Luiz Milano.

A outra dupla da Equipe Pneuodomo era formada por Roberto Jacobi/Luiz Milano no Ford Corcel Sedan N° 15.
A dupla já participou de vários Rallyes em São Paulo e Rio de Janeiro. A dupla já é antiga e se acerta perfeitamente.
Sobre este aspecto Luiz Milano comenta:
“É muito fácil navegar com o Roberto Jacobi, uma vez que ele já tem perfeitos conhecimentos sobre os métodos de navegação e me auxilia muito nos momentos difíceis da prova”.
“A nossa vantagem é que este ano vamos com o Corcel, nos parece, de excelentes condições para Rallye”
.
O I RALLYE PARTICULAR promovido pelo Team Gaúcho de Rallye serviu como “apronto” para a prova de São Paulo que deverá ser dos mais difíceis.
“Apesar de não termos competido junto o treino foi excelente para mim e o Roberto” concluiu Luiz Milano.


Os integrantes da Equipe Pneuodomo: Ronaldo Froes Monteiro (piloto), Roberto Jacobi (piloto), Luiz Milano (navegador) e Gert Funcke (navegador).


Outra dupla inscrita pelo Rio Grande do Sul que reúne boas possibilidades nesta prova é a formada pelos vencedores do já citado I RALLYE PARTICULAR que são Henrique Christiano Iwers/Werner Spenner que estarão no carro N° 19 DKW Malzoni.


Henrique Christiano Iwers (piloto): toda a experiência a “serviço” do Rallye

As demais duplas que compunham o quinteto gaúcho eram formada pelo casal de São Leopoldo, Roland Germano Löw/Clélia Jaldira Thomasi Löw no Volkswagen sedan N° 16 e Roberto Rodrigues de Jesus/Vilson Gomes de Andrade no Simca N° 14.

Em uma prova em que o “segredo” do percurso é suspense até a hora da largada, a navegação e a própria pilotagem sofrem as influências de desconhecer a região em que se desenvolverá a competição. Será um obstáculo aos concorrentes do Rio Grande do Sul. Todavia com a experiência adquirida em outras provas do gênero, o problema pode ser resolvido.
Dos 39 carros que largaram, apenas três não cumpriram o percurso.


Momento da chegada do Volkswagen Sedan N° 10 dos paulistas Walter Alves Vieira/José Luis Marques em São Bernardo do Campo


A chegada em São Bernardo do Campo da dupla Henrique Christiano Iwers/Werner Spenner a bordo do DKW Malzoni N° 19, seguido dos paulistas Peter Beck/Josué Marques no Volkswagen Sedan N° 22.


Ao final da prova o Volkswagen Sedan N° 21 de Mondin/Montesini de São Paulo seguidos pelo Chevrolet Opala N° 17 da Equipe Pneuodomo com Monteiro/Funcke que acabariam em 12° lugar sendo os melhores gaúchos classificados na prova.

As duplas gaúchas acabaram não gostando da organização do I RALLYE FREIOS VARGA.
Após ter finalizado a prova as duplas da Equipe Pneuodomo disseram ao enviado especial da Companhia Jornalística Caldas Junior - Elton Jaeger que a prova não havia sido bem organizada. Já que haviam trechos mal descritos e cronometragem falha.
O fato “pitoresco” acontecido com a Equipe envolveu o Chevrolet Opala N° 17 de Ronaldo Froes Monteiro/Gert Funcke que logo nos primeiros quilômetros de prova foi detido pela Policia Rodoviária que solicitou documentos...
Com isso perderam dez minutos...

A entrega dos prêmios aos vencedores seria realizada na sede do Volkswagen Clube. Além dos troféus, os vencedores receberiam prêmios em dinheiro (do primeiro ao décimo colocado).
Na noite de sábado, quando deveriam então ser divulgados os resultados gerais surgiu um protesto com relação ao valor dos pontos nas etapas e em conseqüência o coordenador geral da prova, Alexandre Lohrer, resolveu encaminhar o assunto a Federação Paulista de Automobilismo que estudará a questão e somente divulgará os resultados na próxima semana.
O ambiente, na hora em que os resultados deveriam ser divulgados e não foram, chegou a estar meio quente...

Finalmente o resultado foi divulgado e entregue no Rio Grande do Sul ao engenheiro Gert Funcke no dia 25 de Dezembro (após 19 dias...).
O resultado oficial da competição terminou sendo o seguinte:

1°) Jan Johannes Hendrik Balder/Alfred Karl Maslowski – Carro N° 5
75 pontos perdidos

2°) Alexandre Kemeras/João Ballarin – Carro N° 41
100 pontos perdidos

3°) Falk Hansen/Walter Castan – Carro N° 28
200 pontos perdidos

4°) Nélson Seixas/Péricles de Freitas Ramos Junior
237 pontos perdidos

5°) Udo Stellfeld/Luiz Fernando Mondin - Carro N° 37
310 pontos perdidos

6°) Peter Moacyr Beck/Josué Marques Junior – Carro N° 22
359 pontos perdidos

7°) Artur W. Bernardes/Antônio C. D. Silva – Carro N° 38
374 pontos perdidos

8°) Arthur Mondin/Anthony Montesini – Carro N° 21
464 pontos perdidos

9°) Hubertus Colpaert Filho/Décimo Mazzocato Junior – Carro N° 40
484 pontos perdidos

10°) Walter Alves Vieira/José Luis Marques – Carro N° 10
527 pontos perdidos

11°) Giuseppe Ferruglio/Osvaldo S. Filho – Carro N° 63
533 pontos perdidos

12°) Ronaldo Fróes Monteiro/Gert Funcke – Carro N° 17
536 pontos perdidos

13°) Paulo Lins e Silva/João Sá – Carro N° 4
622 pontos perdidos

14°) Blaise L. Hutirro/Ricardo Costa – Carro N° 9
674 pontos perdidos

15°) Joaquim Ferreira F. da Silva/José Ivo de Souza Leite – Carro N° 36
699 pontos perdidos

16°) Henrique Christiano Iwers/Werner Spenner – Carro N° 19
835 pontos perdidos

17°) Lourival Cruchen/Stevan Ujvari – Carro N° 43
1.735 pontos perdidos

18°) Roland Germano Löw/Clélia Jaldira Thomasi Löw – Carro N° 16
1.892 pontos perdidos

19°) Silvio Marques/Augusto N. Netto – Carro N° 32
1.994 pontos perdidos

20°) Tirso B. Galluci/Luis C. Galluci – N° 44
2.319 pontos perdidos

21°) Luis Mayer/Bernardo Bismarck – N° 31
2.386 pontos perdidos

22°) Roberto Jacobi/Luiz Caldas Milano – N° 15
2.725 pontos perdidos

23°) Luis R. Kurbi/Karl Heise – N° 62
3.421 pontos perdidos

24°) Sérgio C. Caielli/Luiz Sérgio Xavier – N° 26
3.657 pontos perdidos

25°) Roberto Rodrigues de Jesus/Vilson Gomes de Andrade – N° 14
3.755 pontos perdidos

26°) Henrique Counacello/Ziefried Karl Linder – N° 25
5.171 pontos perdidos

27°) Audino Augusto A. Bartolo/Sérgio Patriani – N° 13
8.166 pontos perdidos

28°) Emilio Camanzi/Osvaldo Luis Palermo - N° 30
9.222 pontos perdidos

29°) Juji Tokomani/Minoro Takatori – N° 20
23.710 pontos perdidos

Pesquisa:
Renato Pastro - pastro@terra.com.br

Edição de Texto:
Fernando Milano

Edição de Imagens:
Luciane Goecke

Fontes:
Correio do Povo
Folha da Tarde Esportiva
Arquivo Histórico do C.P.R

 

Vem aí

27 de Fevereiro de 2016
42º. Rallye das Praias

» Regulamento Particular
» Ficha de Inscricão

Grupos do Google
Participe do grupo CPR Sócios e Amigos
E-mail:
Visitar este grupo




Apoio

Termotextil
 
               

 

Copyright - CPR - Clube Porto Alegre de Rallye - 2014 | Site desenvolvido pela msmidia.com