• ;
  • ;
  • ;
  • ;
  • ;
Porto Alegre, 22 de novembro de 2017.
Arquivo Histórico

(07.10.1966) A PEDRA FUNDAMENTAL DO RALLYE GAÚCHO - COMO INICIOU O RALLYE NO RS
03/01/2008

Na festa de 30 Anos do CLUBE PORTO ALEGRE DE RALLYE – CPR, em Dezembro de 1999 na Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul, tive a oportunidade de ouvir um discurso de Luiz Caldas Milano, Presidente nos biênios 1972/1973 e 1981/1982 no qual se referia ao início Rallye no Estado bem como do próprio CPR e ele começava assim:

“Em outubro de 1966 meu amigo Roberto Jacobi me convidou para participarmos do Rallye organizado pela revista Autoesporte, com largada simultânea de São Paulo e Rio de Janeiro, com a duração aproximada de 24 horas. Como não se tinha conhecimento de como se corria um Rallye de Regularidade, fomos participar com um Volkswagen 1200 cm³ ano 1965, Standard, com odômetro original que marcava de quilômetro em quilômetro e um cronômetro com mostrador de 30 segundos. Com as instruções recebidas na véspera pelo organizador da prova participamos com muito espírito esportivo.
Eram mais de quarenta concorrentes e não sei como obtivemos classificação entre os vinte primeiros. Após muita festa prometemos que voltaríamos no próximo ano.
Assim com a companhia de mais uma dupla gaúcha formada por Antônio Andrade e Gert Funcke em 1967, fizemos nosso segundo Rallye.
Nesta prova com as mesmas características da primeira, alinharam quase oitenta participantes. Inclusive entre eles um rapaz paulista muito promissor cuja apelido era “Rato” e atendia pelo nome de Emerson Fittipaldi...
Como não poderia ser diferente, não obtivemos classificação surpreendente, pois ficamos, as duas duplas, acima do trigésimo lugar.
Com o entusiasmo do Gert Funke, que na ocasião trabalhava na Companhia Jornalística Caldas Júnior, não foi difícil nascer à idéia da organização de um Rallye no nosso Estado...”


Fiquei durante muito tempo com a idéia de resgatar alguma informação sobre esta primeira prova de Rallye em que o Rio Grande do Sul, através da “dupla pioneira” Jacobi/Milano, participou e que serviu de marco inicial e histórico para o esporte.
Pois a partir destas experiências esportivas pudemos organizar provas e até fundar o CLUBE PORTOALEGRENSE DE RALLYE e desenvolver o esporte de Regularidade e Precisão no nosso Estado.


Após algumas longas pesquisas localizei em um “sebo” no Rio de Janeiro a Revista AUTOESPORTE N° 25 de Novembro de 1966 que trazia a reportagem sobre a prova citada conforme podemos ver a seguir:

ÊXITO SEM PRECEDENTES NO RALLYE DE AUTOESPORTE

Jorge Eduardo Alves de Souza e Sérgio Gostkorzewicz, pilotando o Volkswagen Sedan N° 16 da Equipe Star do Rio de janeiro, foram os grandes vencedores do I RALLYE NACIONAL DA GUANABARA que AUTOESPORTE, Alitália e Pirelli promoveram nos dias 7 e 8 de Outubro de 1966, com o mais estrondoso sucesso.
E graças a sua notável vitória, erraram apenas 31 segundos do tempo ideal de 24 horas 32 minutos e 51 segundos para os 1.422,480 Km da mais longa prova de regularidade já disputada no Brasil, eles ganharam duas passagens Rio- Roma-Rio pela Alitália, primeiro grande prêmio do Rallye, além de bela taça oferecida pela Pirelli.

A prova teve duas partidas: de São Paulo, no Ibirapuera, largaram 21 carros, sendo uma dupla gaúcha e outra paranaense, do Rio de janeiro, do Museu de Arte Moderna, partiram 23 duplas, sendo 18 cariocas e 5 mineiras.

O êxito da prova excedeu desta feita toda e qualquer expectativa. Chegaram ao final 41 concorrentes dos 44 que largaram. Índice realmente estupendo para uma prova de 24 horas de duração, e que na madrugada de sábado foi disputado sob forte temporal a testar a habilidade dos pilotos e a perícias dos navegadores que deveriam passar em cinco postos de controle (quatro ao longo do roteiro e um na chegada).


Debaixo de forte chuva que castigou os concorrentes temos a dupla carioca Aristóteles Cordeiro/Antônio Moreira que foram campeões do Torneio de Rallye AUTOESPORTE ano passado (1965) e que terminaram esta prova em um ótimo segundo lugar.


O Volkswagen Sedan N° 16, grande vencedor da prova, recebendo a bandeirada de chegada dada por Henrique Carloni, da Pirelli.

Merece realce especial à contribuição dos concorrentes de Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul para o sucesso do Rallye, tal o entusiasmo que demonstraram saindo de suas cidades para largar no Rio de Janeiro ou em São Paulo. Desportistas desse estofo merecem os nossos mais calorosos aplausos!


A dupla vencedora Jorge Eduardo Souza e Sérgio Gostkorzewicz. Uma viagem a Roma pela Alitália será o grande prêmio pela vitória.

CLASSIFICAÇÃO GERAL:

1°) Jorge Eduardo Alves de Souza/Sérgio Gostkorzewicz – Volkswagen Sedan N° 16 - Equipe Star – Rio de Janeiro
31 pontos perdidos.

2°) Aristóteles Magalhães Cordeiro/Antônio Sérgio Moreira – Volkswagen Sedan N° 4 – Escuderia Antares – Rio de Janeiro
89 pontos perdidos

3°) Arthur Mondim/Arthur Antônio Mondim – Volkswagen Sedan N° 29 – São Paulo
127 pontos perdidos


O Sr. Siro Poggi, Diretor da Pirelli, entregando um dos prêmios que sua empresa ofereceu a Arthur Mondin, terceiro colocado com seu filho Arthur Antônio.

4°) Francisco de Magalhães Castro/Aylton Azevedo da Silveira – Aero Willys 2600 - N° 44
139 pontos perdidos

5°) Álvaro Acar/Gilberto Acar – Volkswagen Karmann Ghia 1200 - N° 6 – Escuderia Antares – Rio de Janeiro
146 pontos perdidos

6°) Sílvio Podcameni/Sérgio Ernesto Podcameni – Volkswagen Sedan N° 20 – Equipe Star - Rio de Janeiro
181 pontos perdidos

7°) Mário Valentim/Domingos Lage – DKW Fissore N° 10 – Equipe Stuka – Minas Gerais
193 pontos perdidos

8°) Renzo Fausto Lavachini/João Ramunno – Aero Willys Itamaraty N° 41
216 pontos perdidos

9°) Mário Francisco Guzardi/Sylvio Soares – Volkswagen Sedan N° 27
223 pontos perdidos

10°) Paulo Lins e Silva/Oscar Luiz Colombo/João Sá – Willys Renault 1093 - N° 18 – Equipe Star – Rio de Janeiro
239 pontos perdidos

11°) Antônio Lúcio Da Mata/Marcelo Pinheiro Campos/Cílio Rosa Ziviani – Simca N° 42 – Minas Gerais
240 pontos perdidos


O Simca N° 42 de Minas Gerais, estava muito bem equipado, como se vê na foto o posto do navegador Cilio Ziviani. A cada Rallye que se disputa os concorrentes surgem mais bem preparados.

12°) Emanuel Schachner/Simão Edelman – Volkswagen Karmann Ghia 1200 - N° 8 – Escuderia Antaris – Rio de Janeiro
263 pontos perdidos

13°) Horst Schupp/Guenter Merz/Jorge Souguet/Dietmar Schupp - Volkswagen Sedan N° 26 – Equipe Star – Rio de Janeiro
271 pontos perdidos

14°) Reginaldo Finotti/Luiz Fernando Mondim – Volkswagen Sedan N° 33 – São Paulo
275 pontos perdidos

15°) Peter Moacyr Beck/Aurélio Zuffelato – Volkswagen Sedan N° 11 – São Paulo
333 pontos perdidos

16°) José de Alencar Faria/Franco Consonni – Simca N° 99
375 pontos perdidos

17°) Jairo Luiz Jampietro/Renato Zirk/Peta Matti Kenkmann/Alexandre Hanson – Aero Willys 2600 N° 69
432 pontos perdidos

18°) Antônio Carlos Mendes Monteiro/Otávio Land – Volkswagen Sedan N° 22 – Escuderia Antaris – Rio de Janeiro
469 pontos perdidos

19°) Roberto Jacobi/Luiz Caldas Milano – Volkswagen Sedan N° 15 – Porto Alegre - Rio Grande do Sul
480 pontos perdidos

20°) Henrique Carlos de Moura Costa/Jorge Gostkorzewicz – Volkswagen Sedan N° 14 – Rio de Janeiro
490 pontos perdidos

21°) Mário Pedro Handofsky/Márcio Alves de Almeida Cardoso/Arlindo de Almeida Rocha – Volkswagen Sedan N° 52
538 pontos perdidos

22°) Raul Paranhos/Victor Frank Paranhos – Willys Interlagos Berlineta N° 12
560 pontos perdidos

23°) Nivio Ziviani/Odilon Castrioto Filho/Dalton Rosa de Freitas – Volkswagen Sedan N° 28
606 pontos perdidos

24°) Luiz Roberto Vieria Simões/Sérgio Gaeta Câmara – Volkswagen Sedan N° 17
668 pontos perdidos

25°) João Ricardo Rodrigues/Viviane Haym y Delburgo/Ricardo Augusto Rodrigues – Volkswagen Sedan N° 50
697 pontos perdidos

26°) Nilcelea S. de Oliveira/Mayard Bernard – Willys Renault Teimoso N° 38
729 pontos perdidos

27°) Sérgio Luiz Sade/Ernesto Essenfelder Traub Filho – Volkswagen Sedan N° 5 – Curitiba - Paraná
735 pontos perdidos

28°) Francisco Fernão Beck/Luiz Carlos Arnhold Simões/João de Lorenzo – DKW Vemag N° 55
751 pontos perdidos

29°) Antônio Carlos Morandi Rudge/Roberto de Toledo Aguiar – Volkswagen Sedan N° 19
807 pontos perdidos

30°) Juan Eduardo Fabregues/Carlos Eduardo Calza/Gunther Eberhardt/Rubens Russowsky – DKW Vemaguet N° 21
816 pontos perdidos

31°) Jayme de Mello de Castro Barbosa/João Júlio Caesar/Leodegardo Luz Filho - Volkswagen Sedan N° 58
912 pontos perdidos

32°) Gianfranco Matarazzo/João Antônio Mottin Filho/Sálvio Casson – Volkswagen Sedan N° 77
943 pontos perdidos

33°) Paulo Eduardo Lacerda/Francisco Meirelles Ribeiro – Volkswagen Sedan N° 13
952 pontos perdidos

34°) Luiz Alberto Soares Pimentel/Roberto Rocha/José Maria Pereira Ferreira – Willys Renault Gordini N° 40 – São Paulo
986 pontos perdidos

35°) César de Souza Lima Colanesi/Misses Fernandes Nunes Junior/João Batista Padilha - Volkswagen Sedan N° 42
1.077 pontos perdidos

36°) José Maurício Souza Lima Vasconcellos/Eurico Fernandes Silveira/Túlio Queiroz Fontenelli – DKW Vemag N° 32
1.126 pontos perdidos

37°) Francisco Simões Barbosa/Cyro Roberto Marinoni/Gilson Marinoni – Simca N° 39
1.153 pontos perdidos

38°) Iwaldo de Souza Da Mata/Glauco Rosa de Freitas/Ivan de Souza Da Mata – Willys Renault Gordini N° 30 – Equipe Stuka – Minas Gerais
1.198 pontos perdidos

39°) Vicente Martins Neto/Pedro Isar Neto/Luiz Antônio Pelegrino – Volkswagen Karmann Ghia 1200 N° 3
1.234 pontos perdidos

40°) Mássimo Eduardo Carrara de Saumbuy/Pio Eduardo Carrara de Sambuy/João Paulo Pinto Del Mar/Vicente Cláudio Janaredi – Volkswagen Sedan N° 25
1.995 pontos perdidos

41°) Acyr José Teixeira/Arnaldo Luiz Cunha Matos/José Júlio Souza Faustino - Willys Renault Gordini N° 87
2.693 pontos perdidos


A Equipe Star do Rio de Janeiro com três duplas classificadas entre as dez primeiras.


Os mineiros prestigiaram sobremaneira a prova de AUTOESPORTE, comparecendo com cinco duplas.

Pesquisa:
Renato Pastro
pastro@terra.com.br

Edição:
Fernando Milano

 

Vem aí

27 de Fevereiro de 2016
42º. Rallye das Praias

» Regulamento Particular
» Ficha de Inscricão

Grupos do Google
Participe do grupo CPR Sócios e Amigos
E-mail:
Visitar este grupo




Apoio

Termotextil
 
               

 

Copyright - CPR - Clube Porto Alegre de Rallye - 2014 | Site desenvolvido pela msmidia.com