• ;
  • ;
  • ;
  • ;
  • ;
Porto Alegre, 22 de novembro de 2017.
Notícias Antigas

CORRESPONDENTE "REAL" DO CPR NO RALLY DA SARDENHA
26/05/2009

Relato feito por Jair Santos, sócio do CPR que esteve na Itália acompanhando o Rally da Sardenha no último final de semana.


Caros,

Em primeiro lugar, quero pedir desculpas por não ter enviado boletins do rally anteriormente.
 
Agora, falando do que realmente interessa: a viagem, o rally.
 
A Sardenha, principalmente o local onde eu estou hospedado, é simplesmente espetacular. Tive muita sorte de pegar dias maravilhosos de sol e consegui passear bastante, conhecendo a Costa Esmeralda (ou Costa Smeralda, como eles chamam aqui). É um lugar fantástico! Eu não gostava de praia até conhecer isto aqui.
 
Uma coisa que me chamou atenção por aqui é que eles (os italianos) não estavam nem aí pro rally. Tavam mais preocupados com a briga da Ferrari com a FIA do que com o rally. Não achei nenhuma radio que transmitisse a prova, por exemplo. Isto pode dar uma idéia de que tinha pouca, mas MUITO pouca gente assistindo o rally.
 
O rally começou na quinta-feira, com o shakedown. O trecho era uma subida, mas pensa numa subida... cheia de curvas pra tudo quanto é lado. Os carros não desenvolviam tanta velocidade assim, mas tinham que se virar pra fazer os 180 pra esquerda e direita sem atrasar nos pcs de saída. Importante lembrar que a carteira da CBA funciona por aqui também, e consegui um acesso mais "próximo" aos pilotos enquanto estes esperavam sua vez de ir pro shakedown.
 
 
Depois da largada promocional, quinta à noite, na sexta o rally começou pra valer. Fui para a especial SS3/6 - Crastazza, onde tem um salto bem bacana (não é o salto famoso aquele, mas era um salto bem legal). O primeiro carro largava as 10h42 na especial e cheguei no salto as 10hs. Claro que tinha bastante gente, mas isto não impediu de que eu conseguisse pegar um lugar bem próximo da estrada, defronte à placa que demarcava 30 metros de distância do salto. Esta placa foi superada apenas por dois caras: o Loeb - 34m e o Al-Qassimi - 31m). Impressionante ver o que os caras andavam e saltavam. Na segunda passada, preferi pegar um lugar mais longe da estrada, pra ter uma visão mais panorâmica do rally...
 
No sábado assisti a especial SS8 - Fiorentini. Aqui assisti a uns 400m de rally também, do lado da estrada. Certamente, foi o ponto mais bonito onde eu assisti rally. Depois de assistir esta passagem, desloquei para um ponto na especial SS10 - Sa Linea, onde os carros saíam do cascalho, fazendo um 90-esquerda no asfalto, depois um 180-direita ainda no asfalto, pra andar mais uns 200m e voltar pro cascalho. Este foi o pior dos pontos onde eu estive aqui, pois tinha bastante gente (umas 100 pessoas) e estava muito, mas MUITO quente. Fez muito calor aqui (uns 35 graus, em média), e faz uns 20 dias que não chove. Assim sendo, vcs podem imaginar o estado das estradas. Nunca vi tanto pó na vida, nem mesmo na Argentina este ano tinha tanto pó assim.
 
Domingo, fui assistir à especial SS14/17 - Sorilis. Depois de estacionar o carro há uns 1.500 cm da especial (é cm mesmo, eu estacionei o carro do lado da especial!), no asfalto, resolvi caminhar um pouco pra ver se achava um ponto legal. Encontrei uma clareira no meio do mato, de onde se conseguia assistir, ao longe, os carros descerem uma bela lomba, cheia de curvas e pedras pra todos os lados, entrarem no mato e saírem em um "S", bem onde eu estava. Eu nunca comi tanto pó na minha vida, mas que pozinho bom...
 
Depois tentei voltar aqui pro hotel, que ficava há uns 10 minutos, a pé, do local onde foi feita a premiação. Este sim, tinha bastante gente, umas 2000 pessoas. Porém, como a SS17 que eu assisti hoje era a última do rally e ela ficava a uns 75Km do hotel, não consegui chegar a tempo de ver o podium dos WRC, mas consegui ver o sheik amigo do presidente Beto Fuentes receber o prêmio pela vitória na N4.
 
Quanto aos resultados, o Latvala ganhou bem, com um primeiro dia de rally excelente. Andou forte e abriu 40s de vantagem pro Hirvonen. Loeb teve problemas na SS11 ontem (pneu furado) e em conjunto com o penalty que ele tomou hoje, acabou perdendo a posição pro Petter Solberg (ficou meio chato pra Citroen ver os dois carros principais perderem pro Xsara do Petter, mas...). Apesar do Hirvonen começar o dia apenas 10s atrás do Latvala, Malcom Wilson mandou os dois se acalmarem e apenas terminarem a prova com os carros inteiros.
Bom, escrevi demais já. Mais uma vez peço desculpas por não poder enviar boletins diários, mas tenham certeza de que lembrei muito dos amigos por aqui. Tirei muitas fotos e fiz muitos vídeos. Se ficaram bons, não sei, mas depois vcs me dizem se ficou bom ou não.

Um grande abraço a todos do Príncipe Jajá.

 

Vem aí

27 de Fevereiro de 2016
42º. Rallye das Praias

» Regulamento Particular
» Ficha de Inscricão

Grupos do Google
Participe do grupo CPR Sócios e Amigos
E-mail:
Visitar este grupo




Apoio

Termotextil
 
               

 

Copyright - CPR - Clube Porto Alegre de Rallye - 2014 | Site desenvolvido pela msmidia.com